No dia 19 de novembro de 1968 a General Motors do Brasil, unidade de São Caetano do Sul (SP) lançava o ícone da nossa indústria automobilística brasileira – o  primeiro automóvel fabricado pela empresa no país.

E por causa deste grande acontecimento o Nictheroy Club de Automóveis Antigos, em parceria com o Clube do Opala Rio de Janeiro, realizaram um grande evento que reuniu mais de 100 opalas

Tudo começou com uma carreata de mais de 60 Opalas que sairam por volta das  8:00 do Museu de Arte Moderna (MAM) do Rio de Janeiro, em direção ao evento no Sam’s Club na Rodovia Niterói-Manilha,

 O pátio ficou colorido e muito alegre devido com a presença de mais de 100 Opalas entre outros carros antigos,  Isso sem falar na presença de público que foi espetacular!

O Evento contou até com a presença de celebridades do meio político. no evento como:  Plinio Comte Leite Bittencourt, conhecido  como: Comte Bittencourt,  que atualmente é vice-prefeito de Niterói.

Abaixo confira o relato de Augusto Mósca sobre a parte social e de Welco Amorim falando tecnicamente dos Opalas.

Como foi o evento,  segundo – Augusto Mósca

Há cinco anos, o Nictheroy Clube de Veículos Antigos e o Opala Clube do Rio de Janeiro selaram uma parceria que vem dando certo até hoje.

Celebramos os 45 anos de Fabricação do Opala em 2013, depois disto a celebração dos 40 anos da Caravan, e os 90 Anos da Chevrolet no Brasil em 2105 e agora, Meio Século de fabricação do Modelo Opala no Brasil.

O empenho da presidência dos dois Clubes foi a principal motivação para que o resultado fosse obtido com tanto sucesso. O assunto que vinha sendo discutido há cerca de seis meses, culminou com o Encontro de mais de uma centena de belíssimos Opalas de todos os cantos do Estado do Rio de Janeiro.

Um grupo foi criado em Janeiro deste ano, para planejar o Evento. Tínhamos um propósito de fazer algo diferente do que vínhamos fazendo até então. Assim criamos uma camisa específica em alusão aos 50 anos do Veículo, “bolamos” um kit com adesivos, canetas, chaveiros, certificado de participação e uma placa de acrílico a ser instalada sobre a placa do carro.

Todo material foi desenvolvido exclusivamente para o Evento. Uma carreata entre o MAM e o Sam’s, que já se tornou tradicional, foi o início da jornada. Programada para sair pontualmente às 8:00 horas, teve que ser dividida em duas, pois não havia mais espaço para que todos os Opalas aguardassem estacionados no MAM.

Saiu a primeira “bateria” e logo em seguida, a segunda “bateria”. No Sam’s, a exposição dos veículos estacionados por ordem de ano de fabricação, foi o auge do Evento.

Graças ao critério de entrada no Sam’s, sem pressa e sem bloqueio ao acesso dos clientes, todos os inscritos puderam estacionar seus carros rapidamente e em vagas predeterminadas.

Isto proporcionou uma visão geral dos carros difícil de encontrar em eventos de tão pouca duração quanto este.

Foi um domingo, com um ambiente muito familiar, muito descontraído, onde foi fácil identificar, demonstrações de alegria, de euforia, de animação e de muita cordialidade.

Mas tudo que foi falado aqui só aconteceu devido à presença de muitos colegas, pessoas que vieram de Volta Redonda, Campos dos Goytacazes, Resende, Barra Mansa, Petrópolis, Teresópolis, Região dos Lagos, Rio das Ostras, Macaé, Nova Iguaçu, São João de Meriti, São Gonçalo, muitos clubes do Rio de Janeiro estiveram presentes, enfim, foram todos estes que fizeram a festa ficar tão bacana.

Mais de 30 sócios, dos dois Clubes se envolveram diretamente no Evento, em revezamento na Portaria, na Montagem de Tendas, na Entrega de kits e Camisas, nas Vendas, no Pátio de Estacionamento, na Logística, em suma foi um time sensacional que de forma espontânea resolveu “batalhar” para o sucesso de evento.

A presença de Comte Bittencourt, Vice Prefeito de Niterói foi importante para nós, porque é um político que vem, junto com o Prefeito Rodrigo Neves, prestigiando muito, os Eventos de Veículos Antigos na Cidade.

Comte Bittencourt, ao centro, Vice Prefeito de Niterói entre os sócios do Nictheroy Clube de Veículos Antigos
Comte Bittencourt, ao centro, Vice Prefeito de Niterói entre os sócios do Nictheroy Clube de Veículos Antigos

Ressalto o Sam’s Club que é parceiro do Nictheroy Clube há mais de 10 anos disponibilizando para Este Evento, praticamente a metade de seu pátio de estacionamento, foi peça fundamental para que pudéssemos acomodar este número expressivo de veículos.

Nossos agradecimentos ao Sam’s Club. Tudo isto sob a regência dos Presidentes Welco Amorim e Francisco Esteves, cujo apoio e liderança foram fundamentais para que tudo desse certo.

Os Clubes mais uma vez, agradecem a presença de todos.

Detalhes técnicos sobre os Opalas participantes do Evento – Por Welco Amorim.

Primeiramente gostaria de parabenizar a organização dos clubes: exemplar.  Foi feita uma a pré-inscrição de todos os automóveis que participaram da carreata. Estes tinham vaga numerada para poder gerar uma linha do tempo destes veículos que estão no Rio de Janeiro.

Com base nesta pré-incrição,  fizemos  uma linha do tempo com 118 automóveis,  onde aproveitamos e fizemos um levantamento para saber sobre todos os Opalas existentes no Rio de Janeiro com suas devidas gerações.

Vale ressaltar que outros Opalas que não foram inscritos, ficaram fora desta linha do tempo pois não tínhamos como saber. E diga-se de passagem, foram muitos que chegaram sem ter feito inscrição.

Começamos pelo Opala do ano de 1969 de chassi mais baixo, até chegar no chassi mais alto. Depois passamos para o ano de 1970,1971(só tinha 1) 1972 (tinham 3), 1973 (com 3), 1974,1975, 1976 e assim por adiante, cada Opala com seus modelos.

Na exposição tivemos desde os Opalas mais icônicos que foram 3 do ano de 1969… Veículos raríssimos. Desses 3, 1 era 4 cilindros e 2, 6cilindros, 3800. Com seus interiores: preto, branco, azul.

Haviam 13 do ano de 1970 (fora 2 que não compareceram e outro que chegou mais tarde) Ou seja, no Rio de Janeiro temos 17 automóveis da primeira geração em excelente estado de conservação. Esse resultado nos deixou extremamente orgulhosos.

Em relação aos Opalas  do ano de 1972, haviam 2 com o interior feito no tecido: pied-poule

Observação curiosa: é dificílimo encontrarmos automóveis com essas característica em bom estado. Pois no evento tínhamos 2.

O evento também contou com os Opalas SSs, Gran Luxo, Stander, Especial, enfim todos os modelos possíveis.

Sobre a participação das Caravans no Evento, tínhamos desde a Primeira do ano de 1975 de 4 e 6 cilindros.

Pudemos contar com os Opalas Comodoro e também os mais modernos de 4 e 6 cilindros, SL, Luxo e também diversos diplomatas.

Sobre a premiação:

Premiamos com Troféus, os automóveis por critérios bem objetivos como:

O Veículo que percorreu maior distancia

Foi para o Opala de 1969, 3800, com interior preto. Sua cor, Amarelo Safari que veio de Campos –1969 e pertence a Mario Cesar.

Troféu para o Automóvel com o Chassi mais antigo

Opala do ano de 1969, na cor Azul Astral. Quem levou foi, André Bastos, Sócio do Opala Clube do Rio de Janeiro e também do Nictheroy Clube de Veículos Antigos

O último troféu foi ofertado ao automóvel com Chassi mais alto

Opala Comodoro, Cinza, do ano de 1992 do amigo: Alexandre Eiris

Gostaria de ressaltar sobre a Parceria vitóriosa do Nictheroy Clube com o Opala clube do RJ .  São  32 sócios do OCRJ sendo que 11 são associados também do NCVA… Posso dizer que é uma irmandade. Estou muito feliz! Esse tipo de parceria deu muito certo nos clubes antigomobilistas do Rio de Janeiro.

Sobre a Carreata

A carreata foi perfeita extremamente disciplinada, com mais de 60 automóveis que acabou se partindo em 2 por causa do sinal. Vale ressaltar que antes da carreata sair, lá no MAM aconteceu uma  linda confraternização entres os Opaleiros, onde muitos puderam se conhecer melhor, colocar os conhecimentos em dia e  fazer novas amizades.

Enfim, uma festa maravilhosa que superou minhas expectativas… E olha que já estou neste meio há muitos anos…! Fiquei surpreso e emocionado com a camaradagem, com a disponibilidade, com a  qualidade dos carros e com a boa vontade desta turma.

Enfim, um evento perfeito! (Welco Amorim – Sócio do OCRJ e NCVA)

Aproveito e parabenizo a todos os participantes e os organizadores  Nictheroy Clube de Veículos Antigos e Opala Clube do Rio de Janeiro por ter proporcionado ao nosso Rio de Janeiro um evento de tamanha importancia para o antigomobilismo deste estado!

Abaixo confira outras fotos do evento no Patio do Sam´s Club:

Clique para ver outras fotos da Exposição de veículos

 

Saudações,

Teresa Gago
Portal AutoClassic
Rio de Janeiro – Brasil

Enviar Comentário

Deixe uma resposta