Nissan abre as portas do seu acervo de carros antigos


Acervo em galpão ao lado da fábrica da empresa reúne cerca de 400 exemplares, como protótipos e carros de corrida

A Nissan guarda um verdadeiro tesouro em sua fábrica localizada em Zama, no Japão. Cerca de 400 veículos, entre protótipos, modelos feitos em série, comerciais e carros de competição fazem parte da coleção guardada em um armazém.

MARCH COLLET 1985
COMPACTO LANÇADO EM OUTUBRO DE 1982 É O AVÔ DO HATCH FEITO NO RIO DE JANEIRO

Do acervo fazem parte veículos das marcas Datsun, Infiniti e Austin, além da própria Nissan. O mais antigo é um Datsun 12 Phaeton, que contrasta com o moderno GT-R da edição que celebra a parceria entre a companhia japonesa e o velocista jamaicano Usain Bolt.


INFINITI Q45 1991
O PRIMEIRO MODELO DA INFINITI, MARCA DE LUXO DA NISSAN. TEM MOTOR V8 4.5

Confira alguns dos destaques da coleção da companhia, cuja visitação é aberta ao público:

SKYLINE 2000 GT-R 1969
AVÔ DO GT-R, O FOI LANÇADO EM FEVEREIRO DE 1969. COM MOTOR 6-CILINDROS E 24V, LEVAVA O ESPORTIVO A 200 KMH

 

DATSUN BLUEBIRD 1600 SSS COUPE
TERCEIRA GERAÇAO TEM 2 CARBURADORES, SOMOU 1,5 MILHÃO DE VENDAS

 

TAMA 1947
MODELO COMERCIAL ELETRICO DE 1947

 

NISSAN SILVIA
CUPÊ SILVIA FAZ PARTE DA LINHA DATSUN FAIRLADY. LANÇADO EM MARÇO DE 1965, TEVE 550 UNIDADES FEITAS AO LONGO DE 4 ANOS

 

DATSUN 14 ROADSTER 1935
PRIMEIRO MODELO DA NISSAN FEITO NA NOVA FÁBRICA DE YOKOHAMA. TEM MOTOR DE 772 CM³ E 15 CV
O NOME DATSUN

Entre as curiosidades, a coleção mostra que a companhia teve início com a Datsun, marca formada pelas primeiras letras dos sobrenomes dos três investidores originais: Kenjiro Den (D), Rokuro Aoyama (A) e Meitaro Takeuchi (T). O primeiro modelo da empresa foi batizado de Datson (filho de DAT), mas como a pronúncia de son é muito parecida com a da palavra japonesa para “perda”, o nome foi alterado para Datsun.

 

Fotos e fonte: Estadão

Enviar Comentário

Deixe uma resposta