Clássicos hoje – O futuro da Rolls-Royce no centenário da BMW


A Rolls-Royce criou o Vision Next 100, um protótipo futurista que celebra o centenário da BMW. Com tecnologia elétrica, o veículo foi criado como uma antevisão de elementos de design, acabamentos, eletrônica e engenharia que poderão vir a ser parte integrante de futuros modelos da marca de luxo britânica.

O Vision Next 100 foi concebido sobre uma estrutura leve de fibra de carbono e é movido por dois motores elétricos com 250kW de potência.

Um deles está instalado na frente do veículo e outro na parte traseira, o que permite ao protótipo uma potência combinada de 500kW.

Em termos de design a Rolls-Royce refere que o Vision Next 100 foi criado como uma tela branca de forma a poder ser totalmente personalizado pelo cliente de acordo com as suas necessidades.

O protótipo mede 5900mm em comprimento, o que é 184mm mais curto que o atual Phantom Longo. O veículo tem apenas capacidade para duas pessoas que se sentam em assentos semelhantes a um sofá colocados na parte traseira do veículo.

A frente é dominada pela grelha vertical que é ladeada pelos arcos das rodas independentes. Na extremidade dianteira do capot de 2500mm encontra-se o icônico “Spirit of Ecstasy” feito cristal de chumbo esculpido à mão e que está iluminado por dentro. 

O Vision Next 100 da Rolls-Royce não tem lugar para motorista nem volante ou painel de instrumentos já que é um veículo totalmente autonomo.

Apenas se mantém um relógio analógico por baixo do vidro panorâmico. Outros dos destaques do protótipo são as portas automáticas com dobradiças posteriores e o teto que se abre e permite aos ocupantes fazerem aquilo a que a marca chama de “entrada triunfal”.

Projeções de luz no solo criam uma espécie de “passadeira vermelha”. A Rolls-Royce inclui ainda um assistente pessoal virtual que controla o veículo e que aparece na tela OLED instalado em toda a largura do veículo.

Texto e fotos: https://www.designboom.com/

 

Enviar Comentário

Deixe uma resposta