Domingo de setembro, 23, aconteceu o tão esperado Circuito Histórico –  Cidade de Nova Iguaçu. Por volta das 7:30 diversos clubes e entusiastas combinaram de se encontrar no Alemão da Dultra para tomar um café e partirmos para o Shopping  Nova Iguaçu.

A partir daí, foi uma festa  antigomobilista, muito bonita,  com diversos  automóveis clássicos coloridos que vieram de todos os cantos do Rio de Janeiro  até a  Baixada Fluminense.

 

Fiquei surpresa em ver como  este evento conseguiu reunir toda comunidade antigomobilista do Rio de Janeiro. Só este fato já marcou o sucesso do Circuito Histórico Cidade de Nova Iguaçu.

Os veículos ficaram posicionados de forma  organizada no gigantesco estacionamento do Shopping  Nova Iguaçu  que ocupa o mesmo local da antiga Pedreira Vigné, desativada há anos –  Resultado de um visual fantástico que a gradou a todos, principalmente aos fotógrafos de plantão!

60 veículos clássicos foram inscritos para o Rali de Regularidade, porém, alinharam para partir, 45 e 1 ônibus antigo, que o organizador Sandro Zgur, entitulou de “ A Grande Cereja do Bolo”.

Dos 45 carros e ônibus,  2 veículos (VW 59 e Brasinca Uirapuru) não largaram por problemas técnicos, mas  Isso é comum de acontecer quando o assunto é carros antigos.

Em suma, 21 veículos completaram o circuito passando por todos os postos de controle que incluía a passagem dentro (literalmente) do Colégio Leopoldo, o mais antigo estabelecimento de ensino regular do recôncavo fluminense.

Vale ressaltar que este Rali foi um passeio monitorado de aproximadamente 14 km, passando pelos pontos históricos e culturais de Nova Iguaçu, onde por se tratar de carros antigos a velocidade não foi foco da competição, mas sim a constância e a própria regularidade no decorrer de um percurso pré-determinado pela organização com médias de velocidades sempre abaixo do limite estabelecido no Código Nacional de Trânsito.

Veja como ficou o resultado:

Tabela de Classificação dos 21 finalistas

 

Sobre o Troféu do Ganhador do Circuito

O troféu do “Circuito Histórico Cidade de Nova Iguaçu” foi Desenvolvido e elaborado pela designer Soraya Campos, essa belíssima peça de arte simboliza a essência da história do circuito realizado em 1937 e que foi homenageado no domingo, 23

Sobre  a “ Cereja do Bolo”

Perguntei ao organizador do Circuito Histórico Cidade de Nova Iguaçu porque o Onibus – , um Caio Amélia 1987 de coleção foi considerado a cereja do bolo.

Teresa,  não era esperado um ônibus em um rali de regularidade. As pessoas estavam esperando apenas automóveis antigos.

O Grande  detalhe foi que o ônibus levou vários “passageiros” (pessoas do público presente) para o raid, fazendo um verdadeiro tour pela cidade na maior alegria e descontração. Não lembro de outro raid que isso tenha acontecido. Ah! O apelido do ônibus,  é “Marinheiro”, por ter pertencido a frota da Marinha do Brasil

Comenta Sandro Zgur com um largo sorriso no rosto.

Após  rali, além da  exposição de veículos antigos aconteceram em paralelo, atividades culturais e de lazer para toda a família.

Não posso deixar de mencionar sobre as bandas  Old Sound e Primo Zit, que alegraram antigomobilistas e seus familiares.

Um pouco sobre o Circuito Histórico:

O evento “Circuito Histórico Cidade de Nova Iguaçu” nasceu como uma homenagem ao circuito automobilístico “Cidade de Nova Iguassú”, também chamado de “Circuito das Cucarachas” por ser admitida a participação apenas de modelos Ford T fabricados até 1927 (conhecidos como “Ford Bigode”).

Foi organizado pelo Automóvel Clube do Brasil no dia 08 de agosto de 1937 no município de Nova Iguaçu e contou com o apoio e patrocínio do Governo do Estado, da Prefeitura de Nova Iguaçu e da sua Câmara Municipal. Foi um evento de grande relevância para o município e para o estado, tendo cobertura da Rádio Cidade do Brasil e dos principais jornais.

 

Foram inscritos 25 automóveis Ford fabricados até 1927 (não apenas modelos 1927), que deveriam dar 12 voltas no circuito percorrendo um total de 62 km. A partida deu-se em frente a antiga prefeitura da cidade e um público de aproximadamente 50 mil pessoas espalhava-se pelo circuito.

Abaixo confira diversas fotos do Evento:

 

Enfim,  foi um domingo extremamente agradável para quem participou desta grande festa antigomobilista.

Aproveito e parabenizo o amigo Sandro Zgur e seu “Staff”, pelo sucesso do grande evento realizado. Espero que em 2019 possamos desfrutar de mais um Circuito Histórico Cidade de Nova Iguaçu.

 

Saudações,

Teresa Gago
Portal AutoClassic
Rio de Janeiro – Brasil

Enviar Comentário

Deixe uma resposta