O Mercedes-Benz 700K Grosser Offener Tourenwagen, veículo de um dos assassinos em massa mais notórios do mundo,  Adolf Hitler, foi a leilão no dia 18 de janeiro, pela Worldwide Auctioneers, nos Estados Unidos.


Apesar de ter recebido licitações que atingiram os 7 milhões de dólares o Mercedes-Benz 770K Grosser Offener Tourenwagen de 1939, , acabou sem novo dono, uma vez que o valor de reserva de 10 milhões de dólares não foi atingido.


De um canal na Antuérpia para os EUA

Segundo a Worldwide Auctioneers, o carro é “um produto dos exigentes requisitos do Führer e do oficial da SS Erich Kempka, que serviu como seu principal chofer a partir de 1934”. Depois de ser usado por Hitler em ocasiões, especiais, entre 1939 e 1941, ele teve sete outros proprietários.

O dossiê que o acompanha contém cartas descrevendo como, no fim da Segunda Guerra Mundial, em 1945, foi confiscado e usado pela polícia militar americana em Le Havre, na França. Mais tarde, foi retirado de um canal na cidade belga de Antuérpia. Comprada de um ferro-velho, a Mercedes foi reparada e transportada para os Estados Unidos, onde teve cinco outros proprietários.

Um dos cinco Offener Tourenwagen ainda existentes, o veículo tem sido exibido em diversos desfiles e museus por todo o mundo, assim como em algumas das principais coleções automobilísticas particulares.

 

Enviar Comentário

Deixe uma resposta