Automobilismo no Brasil


Em primeiro lugar gostaria de agradecer a Teresa Gago a oportunidade de escrever esta coluna, será um grande prazer trocar informações sobre o automobilismo com os internautas.

Sem esquecer de me apresentar, sou Rodrigo Vilela, participo do meio antigomobilista no Rio de Janeiro há poucos anos e sou um aficionado por carros esportivos e corridas.

Como Professor de Educação Física Mestrando na área de cultura e história do esporte e tenho como foco de estudo o automobilismo no Brasil e no Rio de Janeiro.

Nesta coluna pretendo trazer a todos um pouco da história deste esporte, seu surgimento, impactos sociais, fases de crescimento e decadência.

O primeiro texto não é de minha autoria, consegui permissão com o Professor Doutor, Victor Mello, da Universidade Federal do Rio de Janeiro para apresentar no site seu artigo sobre o automobilismo no Brasil, na primeira metade do século XX, que foi publicado na Revista Brasileira de Ciências do Esporte, volume 30, nº 1 em 2008.

Um texto muito interessante e gostoso de ler que fala dos primórdios do automobilismo neste País.

Nos primeiros textos desta coluna seguiremos uma seqüência cronológica; assim no próximo mês entramos na década de 1960 com o crescimento das corridas pelo Brasil depois da chegada das Indústrias automobilísticas em 1956.

Para ler o artigo, Clique aqui

Espero que todos gostem e até o próximo mês.
Saudações Quadriculadas, Rodrigo Vilela.

 

No Comment

  1. 18 de janeiro de 2009
    Responder

    Oi Rodrigo, queremos ver agora um texto seu!!!!

    Estamos aguardando.

    Nos vemos na quinta feira.

    Um forte abraço do seu amigo

    Welco

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *