1º Encontro Nacional Gurgel Guerreiro – Cobertura


Aconteceu nos dia 10, 11 e 12 de outubro, o 1º Encontro Nacional Gurgel Guerreiro, na cidade de Visconde de Mauá, localizada nas serras do sul do Estado do Rio de Janeiro. O evento misturou Gurgeis antigos e novos e outros veículos para fora de estrada, além de um grupo de quadriciclos.

Claro que o portal AUTOCLASSIC não faltaria a esse encontro, e para isso ninguém melhor que Gustavo, dos ANTIGOS de ITAIPU, herdeiro de um decano Gurgel QT 1970, na família desde zero quilômetro, provavelmente o único “placa preta” do Brasil.

Para quem não conhece, o Gurgel Guerreiro é um clube fora de estrada, nascido em meados de 2001, com sede em São Paulo – SP e ramificações em diversos estados, inclusive no nosso, que reúne proprietários de veículos da marca Gurgel. O nome veio de um dos adjetivos dados a esses utilitários por quem se surpreende com o seu desempenho em trilhas e deslancham elogios como valente, guerreiro etc. Veja mais em http://www.gurgelguerreiro.com.br/

Alguns Gurgeis até que estão originais, mas a maioria está mais preparada, com modificações na suspensão e algumas melhorias no motor, como bomba de óleo de maior vazão, esticador de correia etc. Não há “tunning” nem supérfluo, a não ser que você considere assim um necessário ar condicionado para enfrentar o calor de Macaé! O Gurgel do organizador do evento, Fábio Evangelista, que originalmente era um X-12, teve tantos melhoramentos que ele achou melhor chamá-lo de X-13. Mas os originais (alguns com 30 anos ou mais) não fizeram feio, e após a viagem até o encontro (longa para muitos), enfrentaram as trilhas da região sem nenhuma quebra, mostrando que para quem é forte de nascença, a idade não pesa !

A programação constou de reunião no sábado para inscrição e confraternização, além de se combinar os detalhes da trilha do dia seguinte. O domingo quase todo foi dedicado ao passeio fora de estrada, que durou mais de 5 horas, e um churrasco de confraternização a noite com sorteios e distribuições de brindes e homenagens. Segunda foi dia livre para se conhecer a cidade, descanso e retorno.

Estão de parabéns os guerreiros do Gurgel e todos os trilheiros, que souberam transformar o fim e semana chuvoso em aventura e confraternização, reunindo aproximadamente 50 carros vindos de várias cidades do Paraná, São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

 

Um abraço,

Walfredo Jr e Walfredo Gustavo – Correspondentes do portal AutoClassic

Conheça o site do Grupo Antigos de Itaipu – http://www.antigosdeitaipu.com.br/ participe dos nossos encontros toda última quarta feira do mês.

11 Comentários

  1. Claudio (tanger sevetse)
    14 de outubro de 2009

    Walfredo, parabéns pelo maravilhoso QT e pela bela cobertura do evento. Um grande abraço!

  2. 14 de outubro de 2009

    Muito legal a reportagem!!!
    Gostei e envio um grande abraço e muita luz!!!

  3. 15 de outubro de 2009

    Obrigado pelos elogios ! Mas com um evento espetacular que nem aquele e pessoas com alto astral, é muito fácil fazer a cobertura.
    E não faltaram Gurgeis maravilhosos lá, ainda mais para mim, da “ala dos antigos”: X10, o último X12 “frente alta” , os primeiros X12 “frente baixa”, X15, G20… nos novos tinha Tocantins de quase todos os anos, acho que aquele Carajás de Campinas foi unanimidade, parecia OKm ! E os modificados deram show, com um bom gosto e mão de obra irrepreensiveis ! Sem falar dos “não-Gurgeis”, principalmente o Baja do Joel e o Tanger do Cláudio, carros de babar !
    Um super abraço,

  4. Parabéns pela reportagem e pelo Gurgel Qt, o segundo Gurgel placa preta que
    conheço, o outro está neste link: http://www.gurgelcampinas.com/jair.html e também tem algumas fotos no : http://www.gurgelcampinas.com/encontrosfotosencontros2009-10-10-viscdemaua.html,
    Abraço,

    Dionísio

  5. 16 de outubro de 2009

    Olá Dionísio,

    Que bom que apareceu outro ! E ainda mais sendo um ex-militar, um representante importante da história da e do Gurgel.
    Mais de uma vez em sites especializados (como o do Gurgel Brasil) defendi a busca da placa preta pelo pessoal de Gurgel. Os mais antigos simplesmente não possuem todos os itens obrigatórios e portanto, precisam da placa preta para rodar legalmente, e são 9 anos de Gurgel Antigo (1970/79).
    Tomara que aparecem muitos outros Gurgeis pelo Brasil ! Dois é muito pouco ! E vamos conversar, meu e-mail é contato@antigosdeitaipu.com.br .
    Abraços,

  6. Parabéns a todos os participantes deste belo Evento.

  7. junior bala
    11 de abril de 2010

    ola companheiros gurgelzeiros, ai del sul sampa terra da garoa, por ca joao pessoa na paraiba antiga felipeia hoje 45 calor de lascar pois e gente tenho. essas duas maravilhas de veiculo x12 tt rigido e xavante tt lona curto muito a trilha de ca m

  8. junior bala
    11 de abril de 2010

    ola gente dai de sampa terra da garoa sou gurgelzeiro de carteirinha, por ca temos muita lama ca n brejo n tao boa como a de vois miçeis dai, mas da para brincar, tenho por ca X12 teto rigid e um xavante tt lona, curto a bessa n praia e n campo tambem mando para vois miçeis o nosso endereç WWW GURGELAVENTUREIRO.COM BR. ABRAÇOS E MANDEM MATERIAS PARA NOIS POR CA.

  9. JUAREZ
    23 de abril de 2010

    Olá amigos gurgelzeiros
    acabei de adquirir um gurgel 1987 branco
    só que o mesmo teve aquelas alavancas do freio de mão furtadas, gostaria de saber se alguem sabe onde consegui-las

    um abração Juarez

  10. Ricardo Marques
    18 de julho de 2012

    Bom dia,

    Recém adquiri um Gurgel X 12 TL 1986 e gostaria de saber sobre eventos (trilhas, passeios, confraternizações, etc.) que ocorrem e agenda dos próximos que ocorrerão no sul do estado do Rio de Janeiro (resido em Barra do Piraí).

    Aguardo retorno.

    Grato

    Ricardo

  11. Wilian Rocha
    4 de janeiro de 2017

    Bom dia! Alguém saberia dizer se o farol da F 1000 ou Passat pointer cabe em um gurgel X 12? Os faróis do meu gurgel estão ruim. Sabem dizer qual se adaptam melhor ? Eles são retangular. Em breve envio fotos. Tá ficando lindo.

Deixe uma resposta